A mudança em aquisição de linguagem materna: um olhar para as tarefas em sala de aula

Autores

  • Glória Carvalho

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v18i2.2785

Resumo

A investigação da mudança, que ocorre no sujeito, de uma condição de não falante para uma condição de falante constitui o campo da aquisição de linguagem, produzindo, como conseqüência necessária, o compromisso do investigador com a singularidade da fala da criança. Assim, os erros produzidos pelo infante, num momento inicial de sua trajetória lingüística, trazem à tona a marca singular do estado de mudança. Uma tal marca dos enunciados infantis, ao ser tratada sob a perspectiva de significantes que se combinam de forma imprevisível, implica um desafio metodológico fundamental para o investigador nesse campo de estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-12

Como Citar

CARVALHO, G. A mudança em aquisição de linguagem materna: um olhar para as tarefas em sala de aula. Signótica, Goiânia, v. 18, n. 2, p. 245–267, 2007. DOI: 10.5216/sig.v18i2.2785. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/2785. Acesso em: 4 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigo