Inventário e análise lexical sobre o trabalho no vernáculo goiano

Autores

  • Maria Helena de Paula

DOI:

https://doi.org/10.5216/sig.v23i2.17528

Palavras-chave:

Léxico, trabalho, cultura, Goiás

Resumo

Este artigo pretende apresentar o inventário e a análise do léxico do trabalho no vernáculo goiano, no labor de homens e mulheres de lida rural no século XX. Os modelos teóricos usados para esse estudo são o Begriffssystem, de Hallig e Wartburg (1963), e os campos lexicais de Coseriu (1977), aplicados a um corpus oral e sob a perspectiva da relação inconteste entre léxico e cultura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-03-15

Como Citar

DE PAULA, M. H. Inventário e análise lexical sobre o trabalho no vernáculo goiano. Signótica, Goiânia, v. 23, n. 2, p. 341–361, 2012. DOI: 10.5216/sig.v23i2.17528. Disponível em: https://revistas.ufg.br/sig/article/view/17528. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigo