Cursinho popular Comunidade FazArte

uma experiência no campo da extensão popular

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v21.70428

Resumo

O Cursinho Popular Comunidade FazArte existe na Universidade Federal de Goiás desde 2006. À primeira vista, trata-se de mais um pré-vestibular comunitário, uma vez que está voltado aos processos de aprendizagem e desenvolvimento de estudantes da Educação Básica e de baixa renda, visando seu ingresso em instituições públicas de Ensino Superior brasileiras. Mas o resgate da história do FazArte mostra que o projeto vai além ao buscar, mediante estratégias diversas de ensino e variados processos grupais, contribuir para a conscientização, a organização política e a formação cultural de jovens trabalhadores. O presente relato de experiência busca apresentar um pouco da história desse projeto com o intuito de contribuir para a preservação de sua memória, para os debates atuais sobre Extensão e para a discussão sobre a importância da educação crítica e classista para a transformação da Universidade brasileira num espaço democrático, inclusivo e, sobretudo, popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

22-12-2021

Como Citar

MOZZER, G. N. de S. .; VIEIRA, A. O. M. .; BOECHAT, F. Cursinho popular Comunidade FazArte : uma experiência no campo da extensão popular. Revista UFG, Goiânia, v. 21, n. 27, 2021. DOI: 10.5216/revufg.v21.70428. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/70428. Acesso em: 1 mar. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - Cultura e Universidade