Expressões do sofrimento dos invisíveis

subjetividade e exclusão social

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v21.70348

Resumo

A presente pesquisa aborda a temática da exclusão social e suas repercussões na dignidade pessoal a partir da articulação entre subjetividade e subcidadania. Objetivou-se investigar os impactos destas experiências de exclusão na dignidade pessoal de sujeitos marginalizados. A Teoria Fundamentada nos dados, metodologia de natureza qualitativa, foi utilizada. A equipe de pesquisa buscou categorizar e analisar registros de atendimentos psicológicos realizados em uma instituição de apoio. Constatou-se que a exclusão possui uma dimensão ligada à subjetividade, como afetos e sentimentos relacionados às situações de humilhação e rebaixamento. A exclusão social é constituída por vivências ligadas à dependência química, deterioração das relações interpessoais, formas de existência sem direção. Foi possível perceber que há potencialidades e busca de resgate da dignidade. A clínica psicológica com pessoas excluídas demanda acolhimento, conexão e reconhecimento das potencialidades dos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

30-11-2021

Como Citar

CONTIM, A. L. R. .; VIEIRA, Érico D. . Expressões do sofrimento dos invisíveis: subjetividade e exclusão social. Revista UFG, Goiânia, v. 21, n. 27, 2021. DOI: 10.5216/revufg.v21.70348. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/70348. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos