A extensão universitária em "Sinestesias: Itauçu nas asas da poesia"

Resumo

A Extensão tem previsão legal e contribui com o direito social à educação. O projeto em análise, desenvolvido pela Universidade Estadual de Goiás, liga-se ao ensino da Literatura para a formação cidadã, e identificou falhas no conhecimento e na difusão da literatura goiana, sobretudo nas escolas. Assim, foram desenvolvidas ações para fazer conhecer essa literatura, mais especificamente a literatura no município de Itauçu. Estas ações passam pela mediação da leitura de poemas de forma a despertar sensações diversas nos alunos, o que é chamado “oficina para degustação de poemas”. Este trabalho descreve a criação, a fundamentação teórica e o desenvolvimento prático dessas oficinas, bem como a respectiva importância para a formação docente e para a sociedade. Utiliza-se o conhecimento prático e o teórico para apresentar o tema. Base teórica: Suanno (2014); Tardif (2000); Candido (2004); Freire (1988); Castro (1994); Siqueira (2013); Lamas e Hintz (1997); Halbswachs (2006); Queirós (2012).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rúbia Garcia de Paula

Pós-graduada em Docência Universitária na Universidade Estadual de Goiás, Câmpus Inhumas. Bacharela em Direito pela Universidade Federal de Goiás, Câmpus Cidade de Goiás. Discente de Letras. Aluna especial no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Língua, Literatura e Interculturalidade – POSLLI/UEG.

Alessandra Carlos Costa Grangeiro

Professora na Universidade Estadual de Goiás, Brasil. Mestre e Doutora em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás (1999/2011). Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira e Portuguesa. Tem feito investigação acerca do ensino de literatura numa perspectiva transdisciplinar, principalmente nos seguintes temas: tempo, espaço, memória e história.

Publicado
14-08-2019
Como Citar
Paula, R., & Grangeiro, A. (2019). A extensão universitária em "Sinestesias: Itauçu nas asas da poesia". Revista UFG, 19. https://doi.org/10.5216/revufg.v19.59800
Seção
Dossiê: Direitos Humanos, Sustentabilidade e Transformação Social