Extensão e diversidade cultural no Instituto Federal Campus Três Lagoas (MS-Brasil)

Autores

  • Leandro Passos Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul Campus Três Lagoas
  • Luana Passos Secretaria Municipal de Educação de Rio Preto
  • Edinaldo da Silva Nascimento

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v19i0.57029

Resumo

A atividade de extensão “Mitos afro-brasileiros, greco-romanos e indígenas na sala de aula”, realizada em novembro de 2017 no IFMS Campus Três Lagoas, teve como objetivo refletir sobre as formas narrativas mito, lenda e conto maravilhoso oriundas da oralidade das culturas africana, afro-indígena brasileira e greco-romana no espaço escolar. Para refletir sobre estas questões apresentadas neste artigo, serão tomados, dentre outros, os estudos de Moreira (2001) no que diz respeito ao currículo como política cultural e a formação docente; Canen (1997) no que se refere à formação de professores e a diversidade cultural; Sacristan (2000) com estudos sobre currículo e diversidade cultural; e os de Pacheco (2016) com suas colaborações sobre o currículo como um mecanismo de controle das decisões escolares e a prática escolar baseada num currículo alternativo; e os de Gomes (2007, 2011, 2012) no que diz respeito às políticas étnico-raciais na formação de professores e ao currículo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Passos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul Campus Três Lagoas

Departamento de Educação, Ciências da Linguagem e Tecnologia

Downloads

Publicado

2019-04-10

Como Citar

PASSOS, L.; PASSOS, L.; NASCIMENTO, E. da S. Extensão e diversidade cultural no Instituto Federal Campus Três Lagoas (MS-Brasil). Revista UFG, Goiânia, v. 19, 2019. DOI: 10.5216/revufg.v19i0.57029. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/57029. Acesso em: 10 ago. 2022.

Edição

Seção

Artigos