WHATSAPP® como ferramenta de promoção da saúde no diabetes

Relato de Experiência

Autores

  • Maria Luiza Ferreira Stringhini Universidade Federal de Goiás
  • Jordana de Sousa Chagas
  • Maria Júlia Mendes dos Reis
  • Paula Ribeiro Toscano de Brito
  • Daniela Santana de Souza

DOI:

https://doi.org/10.5216/revufg.v19i0.56925

Resumo

Este relato objetiva compartilhar uma experiência bem-sucedida do uso do aplicativo WhatsApp® na educação, destacando a facilidade de acesso às informações e o potencial recurso na promoção da saúde. Os números dos celulares dos participantes do projeto de extensão “Sala de espera: ações educativas em diabetes” são cadastrados e, semanalmente, enviam-se mensagens informando sobre autocuidado e alimentação aos pacientes com diabetes, utilizando-se uma via de transmissão. Desde 2016, foram enviadas 77 mensagens. Após avaliação, 94,1% dos participantes consideraram que as mensagens ajudam a esclarecer dúvidas sobre nutrição e diabetes. Esta experiência evidencia como tecnologias de comunicação são capazes de fortalecer as estratégias de educação em saúde, proporcionando maior interação entre serviço, universidade e comunidade. Esperamos que esta ação estimule outras equipes de saúde a explorarem o potencial informativo das redes sociais, que precisa ser aproveitado em toda plenitude.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Luiza Ferreira Stringhini, Universidade Federal de Goiás

Faculdade de Nutrição

Downloads

Publicado

2019-04-01

Como Citar

STRINGHINI, M. L. F.; CHAGAS, J. de S.; DOS REIS, M. J. M.; DE BRITO, P. R. T.; DE SOUZA, D. S. WHATSAPP® como ferramenta de promoção da saúde no diabetes: Relato de Experiência. Revista UFG, Goiânia, v. 19, 2019. DOI: 10.5216/revufg.v19i0.56925. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/56925. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Mundo Digital e a Universidade