BRASIL E EUROPA: A FORÇA DÉBIL DAS RELAÇÕES BILATERAIS

Autores

  • Roberto Vecchi

Resumo

(...) ou até, inclusive, um ícone com uma forte carga simbólica – que condense o complexo emaranhado de relações, sentimentos, vínculos, oposições, que marcam uma relação, fundadora por um lado, mas que por outro lado sofreu – e está sofrendo progressivamente – transformações substanciais como aquela entre Europa e Brasil. Poder-se-ia dizer que a Europa é parte constitutiva do longo, por sua vez complexamente decifrável e articulado, processo de formação do Brasil. Mas seria observação banal e já amplamente dissecada, em época de construção da modernidade cultural brasileira, que não acrescentaria nada da força crítica que pelo contrário esta relação implica e reproduz. Talvez seja (...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-08-03

Como Citar

VECCHI, R. BRASIL E EUROPA: A FORÇA DÉBIL DAS RELAÇÕES BILATERAIS. Revista UFG, Goiânia, v. 14, n. 14, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48470. Acesso em: 6 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Mundo Digital e a Universidade