THOMAS MANN

Autores

  • Thomas Mann
  • Mário Frungillo

Resumo

A leitura dos ensaios políticos de Thomas Mann evidencia o que em sua obra literária não se revela de imediato: suas posições e seu pensamento políticos evoluíram de forma muito tortuosa, e o próprio autor, ao sabor das circunstâncias atribuiu significados muito diferentes à sua própria obra. Uma passada de olhos sobre alguns de seus textos podem dar a dimensão dessa evolução. No ensaio Pensamentos na guerra, de 1914, ele defendeu a Alemanha contra seus adversários, adotando a fatal distinção entre “cultura” e “civilização”, e opondo romantismo e iluminismo – ideias que seriam desenvolvidas ao longo dos anos de guerra, durante os quais Mann trabalhou em seu extenso livro Considerações de um apolítico (1918). Encontramos ainda algumas frases tiradas quase que literalmente de A morte em Veneza (1912). (Continua..)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-08-01

Como Citar

MANN, T.; FRUNGILLO, M. THOMAS MANN. Revista UFG, Goiânia, v. 12, n. 8, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48312. Acesso em: 15 ago. 2022.

Edição

Seção

Tradução