Duas versões, uma obra literária

Autores

  • Rogério Santana

Resumo

O conflito na cidade de São José do Duro (hoje Dianópolis), em 1918-1919, vem rendendo uma discussão que tenta reparar possíveis erros históricos cometidos por Bernardo Élis em seu romance O tronco. Toda a contenda tem origem no assassinato de Vicente Pedro Belém, fazendeiro da região, cujos assassinos estariam a serviço do juiz municipal, Manuel de Almeida, e do coletor estadual, Sebastião de Brito, segundo uma versão, ou da família dos Wolney, principalmente em benefício do ex-deputado Abílio Wolney, segundo outra versão. Para apresentar um pouco da discussão que se vem dando no âmbito das últimas publicações sobre esses fatos, serão reproduzidas aqui algumas passagens do diário de Abílio Wolney, publicado por Abílio Wolney Aires Neto, em 2002 (disponível no sítio www.dnoto.com.br/site/Livros/), em que parte do diário do líder político da região do Duro vai revelando algumas informações sobre a ida da Comissão instituída pelo governo do Estado, para pacificar o conflito na vila, bem como revelando suas interpretações sobre o desenrolar dos fatos. (Continua...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-08-01

Como Citar

SANTANA, R. Duas versões, uma obra literária. Revista UFG, Goiânia, v. 12, n. 8, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48311. Acesso em: 8 ago. 2022.

Edição

Seção

Memória