Descobrindo patrimôn

Autores

  • Wolney Unes

Resumo

A decisão sobre que memória preservar é uma escolha ativa. Os bens, os fatos ou as pessoas escolhidas viverão, salvos da escuridão do esquecimento. É a busca da vida eterna. A cada dia é necessário decidir sobre o que preservar, sobre qual patrimônio queremos como símbolo de nossa existência. O conjunto desses patrimônios forma nosso cânone cultural. E na definição desse cânone, conceitos como autoria, fidelidade, originalidade, entre outros, indicam caminhos. Em tempos de ênfase no receptor, visões e leituras se modificam, e os bens do passado se mostram em nova dimensão. Se muda a forma de perceber os bens, obrigatoriamente mudam também o conjunto de bens prescritos e recomendados. Em vista disso, pretendemos neste breve texto discutir o significado da incorporação do patrimônio art déco ao cânone artístico e arquitetônico nacional. Antes disso, porém cabe uma rápida lembrança sobre a memória.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-08-01

Como Citar

UNES, W. Descobrindo patrimôn. Revista UFG, Goiânia, v. 12, n. 8, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48302. Acesso em: 7 ago. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Mundo Digital e a Universidade