A IMPRENSA OPERÁRIA ANARQUISTA

Autores

  • Vanice Maria Oliveira Sargentini1

Resumo

“Trabalhadores de todos os países, revoltai-vos.” Essa era a frase de ordem dos anarquistas que defendiam uma federação livre, sem opressão da liberdade humana. Para o líder anarquista, os trabalhadores atingiriam a emancipação lutando pela abolição radical e imediata do Estado e de qualquer autoridade política de classe. O ideal de luta dos anarquistas se propagava pela via educativa com o objetivo de incitar o cidadão a atingir a consciência de direito à liberdade. Para esses ensinamentos, os libertá­ rios escreviam livros, publicavam jornais, folhetos, revistas, organizavam comícios, festas. O anarquismo chegou ao Brasil pelas mãos (e pela voz) dos imigrantes europeus, principalmente italianos e espanhóis, que aqui vieram trabalhar. Eles trouxeram a mão de obra, mas também os ideais revolucionários que proporcionaram os primeiros movimentos operários e a organização de associações e sindicatos operários. No Brasil,são diversas as produções textuais que se dedicaram a retratar a vida e a luta dos operários do início do século XX. Observam-se textos de gêneros diversos,nos quais se reconhecem vozes provenientes de diferentes publicações, dentre elas contos de caráter panfletário e romances (Continua...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-07-31

Como Citar

OLIVEIRA SARGENTINI1, V. M. A IMPRENSA OPERÁRIA ANARQUISTA. Revista UFG, Goiânia, v. 10, n. 5, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48208. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê Mundo Digital e a Universidade