Trabalho e sexualidade

Autores

  • Cilaine Alves Cunha

Resumo

Filme: Amarelo manga Direção: Cláudio Assis Roteiro: Hilton Lacerda Fotografia: Walter Carvalho Elenco: Leona Cavalli, Mateus Nachtergaele, Jonas Bloch, Chico Diaz, Dira Paes Produção: Olhos de Cão Produções Brasil, 2003 Amarelo manga, de Cláudio Assis, saudado pela crítica como exemplo de filme com forte cunho autoral em meio à padronização crescente do cinema nacional, traz uma leitura das relações sociais brasileiras que não foram ainda suficientemente examinadas. Em sua recepção, privilegiou-se, em larga medida, o estatuto que o filme confere ao grotesco e à dramatização das perversões. Prestou-se pouca atenção à articulação que estabelece entre a violência gerada pelo mundo do trabalho e a que impera na esfera sexual, articulação esta que não prescinde da tentativa de associar marxismo e psicanálise. Tampouco foram destacadas suas relações, que não são poucas, com as fontes do naturalismo literário do final do século XIX.

 

(Continua...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

31-07-2017

Como Citar

CUNHA, C. A. Trabalho e sexualidade. Revista UFG, Goiânia, v. 9, n. 4, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48196. Acesso em: 14 abr. 2024.

Edição

Seção

Críticas e Resenhas