Sobre a Essência do Riso

Autores

  • Charles Baudelaire

Resumo

Não quero escrever um tratado sobre a caricatura? quero simplesmente levar ao leitor algumas reflexões que fiz com freqüência sobre esse gênero singular.Tais reflexões tornaramse para mim uma  espécie de obsessão. Ao expô­las,  quis me  aliviar. Aliás,  esforcei­me  ao máximo para organizá­las em uma certa ordem e, assim, tornar sua digestão mais fácil. Este é, pois, puramente, um artigo de filósofo e de artista. Uma história geral da caricatura, em suas  relações  com todos  os fatos  políticos  e religiosos, graves  ou frívolos, relativos  ao espírito nacional ou à moda,  que  agitaram a  humanidade, é,  certamente, uma obra gloriosa  e  importante. Esse trabalho está ainda por ser feito, pois os ensaios publicados até o momento não passam de documentos? mas eu pensei que seria preciso dividir tal trabalho. É claro que  uma  obra sobre  a caricatura,  assim compreendida, é  uma história  de  acontecimentos,  uma  imensa galeria anedótica. Na caricatura, muito mais do que nos demais ramos da arte, há dois  tipos de obras preciosas e recomendáveis, por razões diferentes  e quase opostas. Umas  não valem senão pelo acontecimento que representam. Elas merecem, sem dúvida, a atenção do historiador, do arqueólogo e até mesmo do filósofo e devem ocupar um lugar nos arquivos  nacionais,  entre os registros  biográficos  do pensamento humano. Como as folhas soltas  do jornalismo,  elas  desaparecem,  levadas pelo sopro incessante  que  traz folhas  novas.  Mas  as  outras,  e é delas  que  quero ocupar­me  especialmente, contêm um elemento misterioso,  durável, eterno que as torna dignas da atenção do artista. Que coisa curiosa e verdadeiramente  digna  de  atenção a  introdução desse  elemento inapreensível do belo,  até mesmo nas  obras  destinadas a representar para o homem sua própria feiúra moral e física! E, coisa não menos  misteriosa: esse espetáculo lamentável excita, nele, uma hilaridade imortal e incorrigível. Eis,  aí, pois, o verdadeiro assunto deste artigo. (Continua...)

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

28-07-2017

Como Citar

BAUDELAIRE, C. Sobre a Essência do Riso. Revista UFG, Goiânia, v. 8, n. 2, 2017. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/48111. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Tradução