TEORIA DOS SISTEMAS SOCIAIS: UMA ABORDAGEM INTRODUTÓRIA AO PENSAMENTO DE NIKLAS LUHMANN.

Autores

  • Marjorie Corrêa Marona UFMG- Minas GeraisUFMG - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.5216/rfd.v33i1.9803

Palavras-chave:

sistema, Luhmann, direito, sociedade, ciência

Resumo

O presente artigo pretende inserir-se no debatesobre a saturação das matrizes epistemológicas tradicionaisde análise do fenômeno jurídico, fundamentadas na relaçãolinear entre sujeito e objeto e a consequente necessidade desuperação das teorias do direito forjadas sob essas bases,apresentando, como alternativa condizente com a complexidadeda sociedade contemporânea, a Teoria dos SistemasSociais, elaborada por Niklas Luhmann. Com efeito, a introduçãode influxos advindos do construtivismo permite àTeoria dos Sistemas Sociais superar a relação linear sujeito/objeto de conhecimento, introduzindo um componenteautológico que leva à conclusão de que o paradoxo é constitutivoda realidade, na qual, por óbvio, se insere o direito.Ademais, a introdução de desenvolvimentos forjados nocontexto de outras disciplinas, permite à teoria sistêmicadesenvolver um aporte conceitual revolucionário, o quese refletirá, no âmbito jurídico, na propositura de algumassoluções aos limites antes impostos pela Teoria Pura do Direito,exemplar do substrato epistemológico tradicional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marjorie Corrêa Marona, UFMG- Minas GeraisUFMG - Brasil

Graduada em Direito, Mestre em Filosofia do Direito pela UFMG, professora de História Geral do Estado e do Direitoda ESDHC e pesquisadora do CNPq.

Downloads

Publicado

2010-05-06

Como Citar

MARONA, M. C. TEORIA DOS SISTEMAS SOCIAIS: UMA ABORDAGEM INTRODUTÓRIA AO PENSAMENTO DE NIKLAS LUHMANN. Revista da Faculdade de Direito da UFG, Goiânia, v. 33, n. 1, p. 94/114, 2010. DOI: 10.5216/rfd.v33i1.9803. Disponível em: https://revistas.ufg.br/revfd/article/view/9803. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos Científicos