AVALIAÇÃO ESCOLAR - UMA PRÁTICA ENTRE DUAS LÓGICAS: A QUE EMANCIPA E A QUE REPRODUZ AS DESIGUALDADES SOCIAIS

Resumo

Este trabalho busca, por meio de uma análise bibliográfica, propor reflexões acerca da avaliação escolar. Mostra que essa prática, na escola de Educação Básica, tem se constituído em uma das questões centrais do trabalho docente. Analisa as diferentes funções da avaliação e discute as representações de professores e professoras, identificando os equívocos que a rodeiam. Sinaliza a necessidade de rompimento com paradigmas educacionais que a concebem como mecanismo reprodutor das desigualdades e ressalta a necessidade de que se constitua uma ação que permita abarcar a multiplicidade de situações e processos de desenvolvimento dos/das estudantes como uma medida importante, no campo da educação, para romper as desigualdades sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Regina Souza dos Santos, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, na linha de pesquisa Políticas e práticas em Educação. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Publicado
13-08-2019
Como Citar
dos Santos, V. R. S. (2019). AVALIAÇÃO ESCOLAR - UMA PRÁTICA ENTRE DUAS LÓGICAS: A QUE EMANCIPA E A QUE REPRODUZ AS DESIGUALDADES SOCIAIS. Revista Inter Ação, 44(2), 515-528. https://doi.org/10.5216/ia.v44i2.55832