PERFIL DE MIGRAÇÃO CELULAR AGUDO INDUZIDO PELA PRESENÇA DE CORPO ESTRANHO EM Calomys callosus

Autores

  • Luciano Schneider Silva Universidade Federal de Goiás
  • Loanda Carvalho Santa Ana-Limongi Universidade Federal de Goiás
  • André Kipnis Universidade Federal de Goiás
  • Ana Paula Junqueira-Kipnis IPTSP/UFG

Palavras-chave:

Sanidade animal, Saúde Publica

Resumo

Calomys callosus são roedores silvestres presentes no cerrado brasileiro, que foram adaptados às condições laboratoriais. Trata-se de animais que apresentam resistência às infecções que induzem respostas inflamatórias crônicas (Trypanosoma cruzi e Paracoccidioides brasiliensis). O objetivo deste trabalho foi caracterizar a reação inflamatória, na fase aguda, induzida pela implantação subcutânea de um corpo estranho. Vinte e sete C. callosus e trinta camundongos (B10A) foram implantados e analisados comparativamente durante 144 horas. Lamínulas implantadas em C. callosus mostraram predomínio de macrófagos e eosinófilos, enquanto que, nos camundongos, os neutrófilos seguidos pelos macrófagos foram as células migratórias dominantes (p< 0,05). Conclui-se que os C. callosus apresentam mecanismos inflamatórios para remoção de corpo estranho diferentes dos encontrados nos demais roedores e nos seres humanos.

 

PALAVRAS-CHAVES: Granuloma, histologia, inflamação aguda, lamínula, roedores silvestres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-07-09

Como Citar

SILVA, L. S.; SANTA ANA-LIMONGI, L. C.; KIPNIS, A.; JUNQUEIRA-KIPNIS, A. P. PERFIL DE MIGRAÇÃO CELULAR AGUDO INDUZIDO PELA PRESENÇA DE CORPO ESTRANHO EM Calomys callosus. Ciência Animal Brasileira / Brazilian Animal Science, Goiânia, v. 9, n. 2, p. 462–469, 2008. Disponível em: https://revistas.ufg.br/vet/article/view/1211. Acesso em: 5 out. 2022.

Edição

Seção

Medicina Veterinária