Produção de Recursos Multimeios: Uso de Metodologias Ativas na Formação Textual e Visual de Engenheiros

Authors

  • Ricardo Henrique Fonseca Alves Universidade Federal de Goiás
  • Getúlio Antero de Deus Júnior Universidade Federal de Goiás
  • Marcelo Stehling de Castro Universidade Federal de Goiás
  • Rodrigo Pinto Lemos Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/ijaeedu.v4i1.44358

Abstract

    Buscou-se neste artigo apresentar as experiências obtidas durante o processo de aprendizagem da disciplina de Núcleo Livre Produção de Recursos Multimeios (PRM), ofertada pela Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação (EMC), da Universidade Federal de Goiás (UFG). São apresentadas as atividades e as avaliações dos módulos da disciplina que utiliza as metodologias ativas Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) e Aprendizagem Baseada em Projetos (PLE). Apresentam-se ainda os resultados de uma pesquisa de uma visita técnica realizada na mostra “Adensamento e expansão: arte contemporânea acervo CCUFG”, como atividade de fechamento do módulo “Introdução à comunicação textual e visual”. Os resultados mostram os impactos positivos e negativos de algumas obras, além de mostrar um grau de aceitação favorável dos aprendentes em relação à mostra igual a sete, vírgula seis, numa escala de zero a dez. Dessa forma, a mostra contribuiu para a formação textual e visual dos estudantes.

References

Resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura, Resolução CEPEC Nº. 704: Fixa o currículo pleno do curso de graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Goiás, para alunos ingressos a partir do ano letivo de 2005 e alunos que fizerem opção por este currículo, Goiânia, 2004.

Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação, Projeto Pedagógico do Curso: Graduação em Engenharia Elétrica, Goiânia, 2008.

Resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura, Resolução CEPEC Nº. 806: Revoga a Resolução CEPEC Nº 678, que fixa normas para oferta, inscrição e cancelamento em disciplinas, verificação da aprendizagem e trancamento de matrícula nos cursos de graduação da Universidade Federal Goiás, dispondo novamente sobre a matéria, Goiânia, 2006.

S. R. Tavares, L. C. de Campos, B. C. O. de Campos, Análise das Abordagens PBL e PLE na Educação em Engenharia com Base na Taxonomia de Bloom e no Ciclo de Aprendizagem de Kolb, Revista Engenharia Viva, Goiânia, v.1, n.1, p. 37-46, 2014.

Escola de Engenharia Elétrica, Mecânica e de Computação, Plano de Ensino: Produção de Recursos Multimeios, Goiânia, 2015.

R. N. A. de Castro, A Teoria da Prática: A Aula de Engenharia. Revista Engenharia Viva, Goiânia, v.1, n.3, p. 15-20, 2015.

L. R. de C. Ribeiro, Aprendizagem Baseada em Problemas (PBL) , São Carlos: EdUFSCar, 2010. 151f.

L. R. de C. Ribeiro, Universidade Federal de São Carlos, Centro de Educação e Ciências Humanas. A aprendizagem baseada em problemas (PBL): Uma Implementação na educação em engenharia na voz dos autores, 2005. 236p., il. Tese (Doutorado).

V. Chklovski, A arte como procedimento, In: Toledo, Dionísio de (org.), Teoria da literatura: formalistas russos, Porto Alegre: Editora Globo, 1973, p.39-56.

J. Rajchman, O pensamento na arte contemporânea, Novos Estudos-CEBRAP, São Paulo, v.1, n.91, p. 97-106, 2011.

Portal da Universidade Federal de Goiás. Adensamento e expansão: arte contemporânea acervo do Centro Cultural UFG. Disponível em: <https://www.ufg.br/e/15670-adensamento-e-expansao-arte-contemporanea-acervo-do-centro-cultural-ufg>. Acesso em: 25 nov. 2016.

Portal do Centro Cultural da UFG. Adensamento e expansão: arte contemporânea acervo do Centro Cultural UFG. Disponível em: <http://centroculturalufg.blogspot.com.br/>. Acesso em: 25 nov. 2016.

Published

27-11-2017