Comunidade cristã, comunidade política.

Identidade e discurso histórico na crônica da baixa Idade Média castelhana

Autores

  • Martin Ríos Saloma IIH- UNAM

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v24i1.57607

Resumo

No presente trabalho se analisam algumas das crônicas mais representativas da historiografia castelhana baixo medieval, com a finalidade de estudar a maneira em que ao longo dos séculos XIII, XIV e XV, se transformou a identidade coletiva daquele reino, a partir de sua confrontação permanente com os muçulmanos. Se durante a primeira metade do século XIII pode-se constatar a existência de uma identidade coletiva baseada quase exclusivamente no sentimento de pertencimento a uma comunidade religiosa, a partir do século XIV se abre de forma gradual uma nova identidade, marcada pelo sentido de pertencimento a uma comunidade política formada pelo rei, o território e seus súditos em que o discurso histórico teve um papel central, como aglutinador destes elementos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2019-07-22

Como Citar

SALOMA, M. R. Comunidade cristã, comunidade política.: Identidade e discurso histórico na crônica da baixa Idade Média castelhana. História Revista, Goiânia, v. 24, n. 1, p. 83–99, 2019. DOI: 10.5216/hr.v24i1.57607. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/57607. Acesso em: 30 jun. 2022.