A MARCHA DAS MIGRAÇÕES: A OCUPAÇÃO E COLONIZAÇÃO DA REGIÃO SUL DE GOIÁS, 1800-1850

Autores

  • Hamilton Afonso de Oliveira Professor na Universidade Estadual de Goiás (Unidade de Morrinhos) e da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v13i1.5421

Resumo

Este artigo pretende abordar o processo de migração que culminou com a colonização e povoamento da atual região sul de Goiás na primeira metade do século XIX. O fluxo migratório era composto, em sua grande maioria, por lavradores de Minas Gerais procedentes das regiões de Rio das Velhas, Sabará e Paracatu. Nestas regiões, a emigração foi impulsionada pelo desenvolvimento de uma economia relativamente mais diversificada e dinâmica voltada, no período, para o abastecimento dos mercados do Rio de Janeiro e São Paulo.

 

PALAVRAS-CHAVE: Goiás, migração, colonização e agropecuária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hamilton Afonso de Oliveira, Professor na Universidade Estadual de Goiás (Unidade de Morrinhos) e da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas de Goiatuba.

 

Downloads

Publicado

2009-01-16

Como Citar

OLIVEIRA, H. A. de. A MARCHA DAS MIGRAÇÕES: A OCUPAÇÃO E COLONIZAÇÃO DA REGIÃO SUL DE GOIÁS, 1800-1850. História Revista, Goiânia, v. 13, n. 1, 2009. DOI: 10.5216/hr.v13i1.5421. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/5421. Acesso em: 4 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos