As teses médicas mineiras do século XIX: perspectivas de análise de um corpus documental (1836-1897).

Autores

  • Jean Luiz Neves Abreu Universidade Federal de Uberlândia

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v20i3.36935

Palavras-chave:

Teses, medicina, século XIX

Resumo

A partir do “Banco de Theses de Médicos Mineiros”, disponível no Arquivo Público Mineiro (APM), o artigo busca analisar alguns aspectos desses textos, atentando para os elementos textuais que os compõem e para o exame de suas temáticas. A escolha desse corpus documental  se deve à disponibilidade de um corpus documental já inventariado, como também a possibilidade de observar em que medida as teses seguiam determinados procedimentos inscritos nas regras do curso de medicina, bem como as possibilidades que oferecem para compreensão da inserção desse tipo de produção nos debates da medicina brasileira do século XIX.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Luiz Neves Abreu, Universidade Federal de Uberlândia

Doutor em História. Professor do Programa de Pós-Graduação em Gestão Integrada do Território e do curso de História da Univale

Downloads

Publicado

2016-01-14

Como Citar

ABREU, J. L. N. As teses médicas mineiras do século XIX: perspectivas de análise de um corpus documental (1836-1897). História Revista, Goiânia, v. 20, n. 3, p. 24–40, 2016. DOI: 10.5216/hr.v20i3.36935. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/36935. Acesso em: 9 ago. 2022.