RÔMULO E REMO: ESCRITOS E RITOS

Autores

  • Regina Maria da Cunha Bustamante Professora de História Antiga do Laboratório de História Amiga (LHIA) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Doutora em História pela UFF.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v6i2.10533

Resumo

O objetivo deste artigo é fazer uma leitura da lenda de Rômulo e Remo através da análise cotejada das obras de Tito Lívio (História de Roma), Dionísio de Halicarnasso (Antigüidades Romanas) e Plutarco (Vida de Rômulo) c relacioná-la à festa das Lupercálias, apresentada por Ovídio (Fastos) e Plutarco (Vida de Rômulo). Busca-se compreender o processo de construção da identidade romana a partir dos escritos e ritos referentes à fundação de Roma.

Palavras-chave: Mito de Rômulo e Remo, Lupercálias, identidade romana, fundação de Roma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-07-21

Como Citar

BUSTAMANTE, R. M. da C. RÔMULO E REMO: ESCRITOS E RITOS. História Revista, Goiânia, v. 6, n. 2, 2010. DOI: 10.5216/hr.v6i2.10533. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/10533. Acesso em: 24 set. 2022.

Edição

Seção

Dossiê