O REINO LUSITANO COM D. AFONSO III E D. DINIS E A REGULAMENTAÇÃO POLÍTICO-LEGISLATIVO-ADMINISTRATIVA

Autores

  • Flávio Ferreira Paes Filho Doutorando no Programa Integrado de História Medieval e do Renascimento do Departamento de História da Universidade do Porto.

DOI:

https://doi.org/10.5216/hr.v10i1.10087

Resumo

Neste artigo, pretendo apresentar o processo que normalizou o aparelho burocrático do reino português, empreendido por D. Afonso III (1248-1279) e D. Dinis (1279-1325). Juntos, esses monarcas deram início ao processo de formação de um corpo de funcionários que propiciaram a constituição de uma modernidade em determinados aspectos da sociedade portuguesa de então. Nesse sentido, procurou-se fazer um comentário do reinado desses monarcas e, por conseguinte, evidenciaram-se os cargos “públicos” instituídos por eles, mormente para o exercício da fiscalização e da normalização do reino, possibilitando o progresso na administração dos direitos régios.

Palavras-chave: Idade Média, Portugal, leis, burocracia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-06-06

Como Citar

PAES FILHO, F. F. O REINO LUSITANO COM D. AFONSO III E D. DINIS E A REGULAMENTAÇÃO POLÍTICO-LEGISLATIVO-ADMINISTRATIVA. História Revista, Goiânia, v. 10, n. 1, 2010. DOI: 10.5216/hr.v10i1.10087. Disponível em: https://revistas.ufg.br/historia/article/view/10087. Acesso em: 3 jul. 2022.

Edição

Seção

Dossiê