O processo de enfermagem na matriz curricular de escolas formadoras de técnicos de enfermagem

Autores

  • Suzana de Oliveira Mangueira Universidade Federal da Paraíba
  • Wilma Dias de Fontes Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v10i2.8045

Palavras-chave:

Enfermagem, Processos de Enfermagem, Educação Técnica em Enfermagem.

Resumo

O processo de enfermagem, definido como instrumento metodológico do cuidar, deve ser desenvolvido por todos os membros da equipe de enfermagem, para que seja eficaz. O presente artigo consiste em um estudo documental que objetivou examinar a matriz curricular de Projetos Políticos Pedagógicos de escolas formadoras de técnicos de enfermagem do município de João Pessoa–PB quanto ao ensino e aplicação do processo de enfermagem, haja vista que a participação destes profissionais é de fundamental importância para a sistematização do cuidado, sendo função da escola prepara-los adequadamente. O estudo foi desenvolvido no ano de 2006. Os dados foram analisados com enfoque no método qualitativo, utilizando a técnica de análise de conteúdo. Constatou-se que nas matrizes curriculares das escolas participantes do estudo não há indícios do ensino do processo de enfermagem em nenhuma disciplina, embora haja de sua aplicação em poucas disciplinas de algumas escolas. Portanto, cabe às escolas reavaliarem as suas matrizes curriculares, de forma a inserir esta temática de forma a capacitar melhor os técnicos de enfermagem para a prestação de cuidado sistematizado e de qualidade.

Palavras chave: Enfermagem; Processos de Enfermagem; Educação Técnica em Enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

02/11/2009

Como Citar

1.
Mangueira S de O, Fontes WD de. O processo de enfermagem na matriz curricular de escolas formadoras de técnicos de enfermagem. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 2º de novembro de 2009 [citado 28º de maio de 2022];10(2). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/8045

Edição

Seção

Artigo Original