Expectativas de docentes sobre o ensino do cuidado em saúde mental

Autores

  • Luciane Prado Kantorski Universidade Federal de Pelotas
  • Leandro Barbosa de Pinho Universidade de São Paulo
  • Toyoko Saeki Universidade de São Paulo
  • Maria Conceição Bernardo de Mello e Souza Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v8i3.7075

Palavras-chave:

Saúde mental, Ensino, Enfermagem.

Resumo

Objetivo: O presente estudo tem por objetivo analisar as expectativas de docentes de enfermagem psiquiátrica sobre o ensino do cuidado em saúde mental. Metodologia: A abordagem metodológica é qualitativa e descritiva-analítica, na qual foram utilizados como instrumento para a coleta de dados a entrevista semi-estruturada e em profundidade aplicada a 03 (três) docentes, em 2001. Resultados: Observamos nos resultados que os docentes enfatizam a necessidade da humanização do atendimento em saúde mental, centrado em um paradigma da reforma psiquiátrica. Conclusão: Concluímos que o contexto de ensino-aprendizagem de saúde mental tem sofrido influência de abordagens como a psicanálise, a saúde coletiva e o relacionamento interpessoal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

01/09/2009

Como Citar

1.
Kantorski LP, Pinho LB de, Saeki T, Souza MCB de M e. Expectativas de docentes sobre o ensino do cuidado em saúde mental. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de setembro de 2009 [citado 25º de maio de 2022];8(3). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/7075

Edição

Seção

Artigo Original