Análise de Burnout em profissionais de uma unidade de emergência de um hospital geral

Autores

  • Renata Schwanke Ritter Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
  • Eniva Miladi Fernandes Stumm Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul
  • Rosane Maria Kircher Universidade Federal do Pampa

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v11.46934

Palavras-chave:

Serviços Médicos de Emergência, Burnout Profissional, Pessoal de Saúde

Resumo

A Unidade de Emergência é um ambiente no qual situações de ansiedade, pressão e estresse, são comuns. A pesquisa objetiva analisar as variáveis da Síndrome de Burnout em profissionais de enfermagem e médicos que atuam na Unidade de Emergência de um hospital geral. É descritiva, quantitativa, desenvolvida em um hospital do noroeste/RS, em 2007, com 38 profissionais. Os instrumentos de coleta de dados foram MBI e dados sociodemográficos. Para o tratamento estatístico utilizou-se SPSS e estatística descritiva. O perfil é 57,9% feminino, 25-30 anos de idade, 60,5% casado e com filhos, 70,3% ensino médio, 2,7% graduação e 27,0% especialização. 34,2% atuam há 3,5 anos na profissão, 55,3% 3,5 anos na Emergência e 56,8% dedicam-se exclusivamente ao trabalho neste local. Quanto às dimensões da síndrome, escores baixos para Desgaste Emocional e Despersonalização e alto para Incompetência (escore reverso). Na equipe médica as médias de Desgaste Emocional e Despersonalização são maiores do que na de enfermagem e a Incompetência, similaridade em ambas. Variáveis relacionadas ao Contexto do Trabalho apresentaram escores elevados nas duas categorias, a equipe médica obteve médias mais altas. A produção de maior conhecimento sobre a temática pode contribuir no cotidiano destes profissionais e instigar pesquisadores à continuidade de estudos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Schwanke Ritter, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

Enfermeira, egressa do Curso de Enfermagem da UNIJUÍ. Enfermeira da Clínica Médica do Hospital Ivan Goulart- São Borja/RS. Pós-graduanda em Enfermagem Cardiológica pelo Instituto São Camilo/POA. E-mail: renata.ritter87@yahoo.com.br.

Eniva Miladi Fernandes Stumm, Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul

Enfermeira, Mestre em Administração – Recursos Humanos, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Docente da UNIJUÍ. E-mail: eniva@unijui.edu.br

Rosane Maria Kircher, Universidade Federal do Pampa

Doutora em Engenharia Elétrica – Métodos de Apoio à Decisão. Professora de Estatística do Centro de Ciências Rurais de São Gabriel da Universidade Federal do Pampa (CRSG/UNIPAMPA). E-mail: rosanek@smail.ufsm.br

Downloads

Publicado

01/06/2017

Como Citar

1.
Ritter RS, Stumm EMF, Kircher RM. Análise de Burnout em profissionais de uma unidade de emergência de um hospital geral. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de junho de 2017 [citado 29º de junho de 2022];11(2). Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/46934

Edição

Seção

Artigo Original