Role Playing Game (RPG) na graduação em enfermagem: potencialidades pedagógicas

Autores

  • Amanda Nathale Soares Universidade Federal de Minas Gerais
  • Maria Flávia Gazzinelli Universidade Federal de Minas Gerais
  • Vânia de Souza Universidade Federal de Minas Gerais
  • Lucas Henrique Lobato Araújo Universidade Federal de Minas Gerais

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v18.37672

Palavras-chave:

Educação em Enfermagem, Materiais de Ensino, Tecnologia Educacional, Jogos e Brinquedos

Resumo

Objetivou-se avaliar as potencialidades de um jogo de Role Playing Game como estratégia pedagógica na Graduação em Enfermagem, com ênfase em suas implicações subjetivas na compreensão sobre aspectos da profissão. Estudo qualitativo, realizado por meio de pesquisa avaliativa, do tipo análise da implantação. Participaram alunos do 3º período de Enfermagem. O instrumento de coleta foram Memórias de Jogo, relatos elaborados pelos alunos após sessões do jogo. O jogo constituiu uma estratégia pedagógica não tradicional que favoreceu aos alunos a aproximação com a prática profissional, a participação ativa, a autorreflexão e a reflexão sobre a atuação profissional. Essa estratégia favoreceu processos de singularização, permitindo ao aluno vivenciar situações semelhantes às da prática do enfermeiro e exercitar habilidades como trabalho em equipe e criatividade. A ampliação dos estudos que abordam os processos subjetivos no ensino superior, por meio de jogos de simulação, pode contribuir para melhor delineamento dos processos formativos em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Nathale Soares, Universidade Federal de Minas Gerais

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG, Brasil. E-mail: amandanathale0708@gmail.com.

Maria Flávia Gazzinelli, Universidade Federal de Minas Gerais

Bióloga, Doutora em Educação. Professora Associado do Departamento de Enfermagem Aplicada da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG, Brasil. E-mail: flaviagazzinelli@yahoo.com.br.

Vânia de Souza, Universidade Federal de Minas Gerais

Enfermeira, Doutora em Saúde Pública. Professora Adjunto da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG, Brasil. E-mail: vaniaxsouza@yahoo.com.br.

Lucas Henrique Lobato Araújo, Universidade Federal de Minas Gerais

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, nível Doutorado, da Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, MG, Brasil. E-mail: lucaslobato87@gmail.com.

Publicado

01-12-2016

Como Citar

1.
Soares AN, Gazzinelli MF, Souza V de, Araújo LHL. Role Playing Game (RPG) na graduação em enfermagem: potencialidades pedagógicas. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 1º de dezembro de 2016 [citado 28º de julho de 2021];18. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/37672

Edição

Seção

Artigo Original