Recreio e adolescências: as práticas de lazer na escola

Autores

  • Leandro Soares Assunção Rafael Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil rafael.leandrosa@gmail.com
  • Guilherme Carvalho Franco da Silveira Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil gcfs@ufmg.br
  • Elisângela Chaves Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil elischaves@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-2069-4316

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v26.75572

Palavras-chave:

RECREIO, LAZER, Adolescência, ESCOLA

Resumo

A presente pesquisa, de caráter qualitativo, teve como objetivo investigar as experiências de adolescentes no recreio de uma escola pública de ensino fundamental para compreender as condições, as relações sociais, as necessidades, os desejos e os sentidos atribuídos a esse tempo pelos sujeitos. A pesquisa envolveu questionário e entrevista semiestruturada, e desvelou uma proposta da escola limitada a restrições de atividades e espaços, que é questionada e ressignificada pelos adolescentes, que reivindicam mudanças. Os achados, em diálogo com a literatura acadêmica, interrogam o processo de constituição, planejamento e mediação do recreio escolar e o seu sentido na formação humana dos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-11-20

Como Citar

SOARES ASSUNÇÃO RAFAEL, L.; CARVALHO FRANCO DA SILVEIRA, G.; CHAVES, E. Recreio e adolescências: as práticas de lazer na escola. Pensar a Prática, Goiânia, v. 26, 2023. DOI: 10.5216/rpp.v26.75572. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/75572. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais