A formação de uma rede de solidariedade como estratégia de apoio ao futebol praticado por mulheres em meio a pandemia da covid-19

Autores

  • Ana Laura Eckhardt de Lima Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande do Sul, Brasil analaura_eck@hotmail.com
  • Raquel Pereira Quadrado Universidade Federal do Rio Grande (FURG), Rio Grande do Sul, Brasil raquelquadrado@hotmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v26.73449

Palavras-chave:

Campanhas solidárias, Futebol feminino, SARS-CoV-2

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar campanhas e ações em prol do futebol de mulheres, as quais foram desencadeadas durante a pandemia da COVID-19. As análises apresentadas são fruto de um recorte de pesquisa que tomou os sites de notícias como local de produção de dados, no período entre fevereiro a dezembro de 2020. A partir dos conceitos de acontecimento (FOUCAULT, 2014) e bio(necro)política (GALLO, 2021) analisamos a emergência de uma rede de solidariedade como estratégia de apoio ao futebol praticado por mulheres através de campanhas e ações que visaram auxiliar a modalidade a mitigar os efeitos da pandemia da COVID-19. A mobilização e o engajamento entorno dessas campanhas contribuiu para manter a modalidade visível e viva no cenário brasileiro em meio à crise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-05-05

Como Citar

LAURA ECKHARDT DE LIMA, A.; PEREIRA QUADRADO, R. A formação de uma rede de solidariedade como estratégia de apoio ao futebol praticado por mulheres em meio a pandemia da covid-19. Pensar a Prática, Goiânia, v. 26, 2023. DOI: 10.5216/rpp.v26.73449. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/73449. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais