(In)tensões em fluxo no corpo vivo

Autores

  • Flávio Soares Alves Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Rio Claro, São Paulo, Brasil flavio.alves@unesp.br
  • Juliana Ota Escola Movimento Absoluto (MOVA), Ribeirão Preto, São Paulo, Brasil juotabozano@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v26.71751

Palavras-chave:

Fáscia, Somática, Educação Corporal, Educação Física

Resumo

Este artigo traz reflexões sobre o sistema fascial na aproximação com os estudos somáticos e a Educação Física. Deste escopo, apresenta-se um caminho de sensibilização, que pretende dar visibilidade para a perspectiva facial na orientação do trabalho corporal. Tal caminho chama a atenção para o fato de que somos seres de natureza viscoelástica, e, enquanto tais, embora sejamos amplamente sujeitos à lógica biomecânica newtoniana, pulsamos nas entrelinhas dessa leitura calculista de compreensão da vida, de modo a afirmar a linguagem das (in)tensões, de onde se evidencia o sistema fascial. Neste sentido, as fáscias oferecem possibilidades interessantes para ingressarmos à fundo na linguagem e na compreensão do movimento humano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Soares Alves, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP), Rio Claro, São Paulo, Brasil flavio.alves@unesp.br

Doutor em Ciências pela Escola de Educação Física e Esportes da USP

Mestre em Artes pelo Instituto de Artes da Unicamp

Graduado em Educação Física pela Unesp de Rio Claro

Downloads

Publicado

2023-03-31

Como Citar

SOARES ALVES, F.; OTA BOZANO, J. (In)tensões em fluxo no corpo vivo. Pensar a Prática, Goiânia, v. 26, 2023. DOI: 10.5216/rpp.v26.71751. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/71751. Acesso em: 27 maio. 2024.

Edição

Seção

Ensaios