Mulheres no futebol: uma análise midiática pela perspectiva dos estudos culturais

A MEDIA ANALYSIS FROM THE PERSPECTIVE OF CULTURAL STUDIES

Autores

  • Andressa Araujo Furquim Faculdade de Educação Física da Associação Cristã de Moços de Sorocaba (FEFISO), Sorocaba, São Paulo, Brasil, andressaa.furquim@gmail.com https://orcid.org/0000-0003-4578-5270
  • Maísa Ferreira Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, São Paulo, Brasil, maisaf93@gmail.com https://orcid.org/0000-0002-1576-0622
  • Nara Romero Montenegro Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, São Paulo, Brasil, nararomerom@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-9630-2243
  • Rubens Antonio Gurgel Vieira Faculdade de Educação Física da Associação Cristã de Moços de Sorocaba (FEFISO), Sorocaba, São Paulo, Brasil, rubensgurgel@hotmail.com https://orcid.org/0000-0002-9409-9245

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v24.68583

Palavras-chave:

Futebol de mulheres, Esporte, Estudos Culturais, Futebol feminino

Resumo

Este artigo objetiva identificar as representações das identidades de mulheres praticantes de futebol profissional, a partir de comentários em site esportivo. Articulamos os discursos midiáticos às relações de poder e, por meio da análise cultural, identificamos limitações de gênero na área da Educação Física. Os principais pontos analisados apontam às várias ofensas sofridas pelas mulheres, entre elas os imperativos da feminilidade, fragilidade, maternidade e ataques em relação à orientação sexual. Conclui-se que estes espaços colaboram na construção do que é ser mulher dentro da cultura e buscam normalizar um ideal desejado, que confronta com a conquista de visibilidade e aceitação das mulheres praticantes de futebol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

13-08-2021

Como Citar

Araujo Furquim, A., Ferreira, M., Romero Montenegro, N. ., & Gurgel Vieira, R. A. (2021). Mulheres no futebol: uma análise midiática pela perspectiva dos estudos culturais: A MEDIA ANALYSIS FROM THE PERSPECTIVE OF CULTURAL STUDIES. Pensar a Prática, 24. https://doi.org/10.5216/rpp.v24.68583

Edição

Seção

Artigos Originais