A FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA E O PROCESSO POLÍTICO SOCIAL

Autores

  • Ana Márcia Silva Universidade Federal de Goiás
  • Aline da Silva Nicolino Universidade Federal de Goiás
  • Humberto Luís de Deus Inácio Universidade Federal de Goiás
  • Valéria Maria Chaves de Figueiredo Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v12i2.6588

Palavras-chave:

Formação Profissional, Educação Física, Políticas Educacionais.

Resumo

Este artigo discute alguns determinantes que permeiam a formação profissional em Educação Física no Brasil. A pesquisa, de tipo documental com técnica de análise de conteúdo, trabalhou com documentos e bancos de dados oficiais do governo brasileiro, além de outros provenientes de organismos internacionais. Os dados da investigação apontam que mais de 100 mil vagas são oferecidas a cada ano na Educação Física, tornando-o um dos 10 maiores cursos em número de concluintes no país. Observam-se, ainda, elementos político-econômicos vinculados aos interesses e demandas emergentes de mercado, direcionam as necessidades do processo social na formação profissional em Educação Física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Márcia Silva, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Ciências Humanas, Professora Associada da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás.

Aline da Silva Nicolino, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Saúde Mental, Professora Adjunta da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás.

Humberto Luís de Deus Inácio, Universidade Federal de Goiás

Doutor em Sociologia Política, Professor Adjunto da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás.

Valéria Maria Chaves de Figueiredo, Universidade Federal de Goiás

Doutora em Educação, Professora Adjunta da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Goiás.

Downloads

Publicado

2009-08-29

Como Citar

SILVA, A. M.; NICOLINO, A. da S.; INÁCIO, H. L. de D.; FIGUEIREDO, V. M. C. de. A FORMAÇÃO PROFISSIONAL EM EDUCAÇÃO FÍSICA E O PROCESSO POLÍTICO SOCIAL. Pensar a Prática, Goiânia, v. 12, n. 2, 2009. DOI: 10.5216/rpp.v12i2.6588. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/6588. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais