ESPORTE E POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL: UMA DISCUSSÃO SOBRE CIDADANIA E EMANCIPAÇÃO HUMANA.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v21i3.44289

Palavras-chave:

Esporte, política social, cidadania, emancipação humana

Resumo

Este artigo caracteriza-se como um ensaio teórico sob uma perspectiva crítica e dialética da relação entre esporte e políticas sociais, referenciada em clássicos da literatura político-filosófica, bem como de autores contemporâneos. O objetivo desse estudo é teorizar os conceitos de cidadania [na perspectiva de Marshall] e emancipação humana à luz de referências do materialismo-dialético, observando a relação entre esporte e políticas sociais. Após esse exercício teórico-analítico, observamos que a cidadania não é criação subjetiva, mas sim uma vivência e uma construção histórica a partir do acesso a determinados bens políticos, sociais e culturais. Assim, a luta pelo acesso ao esporte como direito apresenta-se como elemento constituinte do processo emancipatório.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Felipe Barbosa Passos, Universidade de Brasília

Mestre em Educação Física pela Universidade de Brasília, Especialista em Treinamento Desportivo pela Universidade Gama Filho e Graduado (licenciatura plena) em Educação Física pela Universidade Católica de Brasília. Membro do AVANTE - Grupo de Pesquisa e Formação Sócio-crítica em Educação Física, Esporte e Lazer da Faculdade de Educação Física da UnB. Atualmente é Professor da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal e Especialista em Assistência Social (Educador Social) da Secretaria de desenvolvimento Social, Trabalho, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos (SEDESTMIDH) do Distrito Federal. Atua nas áreas de Política de Esporte e Lazer, Educação Física, Assistência Social e Educação.

Pedro Avalone Athayde, Universidade de Brasília

Graduado em Licenciatura em Educação Física pela Universidade Católica de Brasília (2003), Mestre em Educação Física pela Universidade de Brasília (2009) e Doutor em Política Social pela Universidade de Brasília (2014). Pesquisador do Grupo de Pesquisa e Formação Sociocrítica em Educação Física, Esporte e Lazer (AVANTE/UnB). Foi secretário distrital do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) de 2009 a 2012. Entre 2005 a 2014 foi técnico em assuntos educacionais junto ao Ministério da Educação. Atualmente, coordena o comitê científico do Grupo de Trabalho Temático em Políticas Públicas do CBCE, bem como o Centro de Pesquisa Rede CEDES (Centro de Desenvolvimento do Esporte Recreativo e do Lazer) do Distrito Federal. É professor adjunto "A", nível 2, da Faculdade de Educação Física da Universidade de Brasília.

Downloads

Publicado

2018-09-28

Como Citar

PASSOS, F. B.; ATHAYDE, P. A. ESPORTE E POLÍTICAS SOCIAIS NO BRASIL: UMA DISCUSSÃO SOBRE CIDADANIA E EMANCIPAÇÃO HUMANA. Pensar a Prática, Goiânia, v. 21, n. 3, 2018. DOI: 10.5216/rpp.v21i3.44289. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/44289. Acesso em: 13 ago. 2022.

Edição

Seção

Ensaios