VULNERABILIDADE E BULLYING ESCOLAR: INTERFACES TEÓRICAS POSSÍVEIS

Autores

  • Marcela Almeida Zequinão Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC
  • Wanderlei Oliveira Universidade de São Paulo-USP
  • Pâmella Medeiros Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Beatriz Pereira Oliveira Univsersidade do Minho-UM
  • Fernando Luiz Cardoso Univsersidade do Estado de Santa Catarina-UDESC

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v20i3.41987

Resumo

O bullying escolar é um problema que afeta a saúde e o desenvolvimento de crianças e adolescentes. As aulas de educação física podem ser um momento em que esse tipo de situação se intensifica. Assim, o objetivo deste ensaio foi apresentar os significados conceituais de bullying e vulnerabilidade, bem como conhecer as conexões teóricas possíveis entre os conceitos e suas relações com as práticas corporais proporcionadas nas aulas de Educação Física. Apresenta-se um enfoque que permite repensar o bullying e as práticas de enfrentamento. Foi construído um modelo teórico dos fatores de vulnerabilidade associados ao bullying e são oferecidos insights para pensar programas antibullying, também explorados pensando o contexto das aulas de Educação Física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcela Almeida Zequinão, Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC

Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC

 http://lattes.cnpq.br/1937309638010989

Wanderlei Oliveira, Universidade de São Paulo-USP

Doutorando em Saúde Pública do Programa de Pós-Graduação Enfermagem em Saúde Pública da Universidade de São Paulo – USP. Bolsista FAPESP

 

Pâmella Medeiros, Universidade do Estado de Santa Catarina

Mestre em Ciências do Movimento Humano pela Universidade do Estado de Santa Catarina-UDESC

http://lattes.cnpq.br/1836757514658671

Beatriz Pereira Oliveira, Univsersidade do Minho-UM

Professora Ph.D do Instituto de Educação da Universidade do Minho 

http://lattes.cnpq.br/6143064143846471

Fernando Luiz Cardoso, Univsersidade do Estado de Santa Catarina-UDESC

Professor Doutor dos Programas de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano e Pós-graduação em Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina

http://lattes.cnpq.br/3652915478113832

Downloads

Publicado

2017-09-29

Como Citar

ZEQUINÃO, M. A.; OLIVEIRA, W.; MEDEIROS, P.; OLIVEIRA, B. P.; CARDOSO, F. L. VULNERABILIDADE E BULLYING ESCOLAR: INTERFACES TEÓRICAS POSSÍVEIS. Pensar a Prática, Goiânia, v. 20, n. 3, 2017. DOI: 10.5216/rpp.v20i3.41987. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/41987. Acesso em: 27 maio. 2023.

Edição

Seção

Ensaios