A CULTURA CORPORAL COMO ÁREA DE CONHECIMENTO DA EDUCAÇÃO FÍSICA

Autores

  • Lívia Tenorio Brasileiro Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco http://orcid.org/0000-0002-5864-1148
  • Eliana Ayoub
  • Marcelo Soares Tavares de Melo Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco
  • Ana Rita Lorenzini Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco
  • Andrea Carla de Paiva Universidade Federal Rural de Pernambuco
  • Marcílio Barbosa Souza Junior Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco

Palavras-chave:

Educação Física. Cultura corporal. Área de conhecimento. Objeto de estudo.

Resumo

O texto analisa o conceito de Cultura Corporal apresentado como objeto de estudo da Educação Física. Trata-se de um estudo no formato de ensaio, que se caracteriza como um estudo de base teórica, elaborado a partir de reflexões sobre o termo Cultura Corporal, buscando refletir sobre como este termo se insere na área de Educação Física ao longo das últimas décadas e dá a esta uma identidade para sua área de conhecimento. Desta forma, nosso objetivo é analisar a base conceitual que sustenta o termo Cultura Corporal, tomando como referência sua obra de origem “Metodologia do Ensino da Educação Física” (COLETIVO DE AUTORES, 1992) em diálogo com referencias que lhe dão sustentação teórica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lívia Tenorio Brasileiro, Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco

Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2009) e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (2001). Graduada em Licenciatura em Educação Física e Técnico em Desporto pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE (1992). Atualmente é professora da Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco - UPE, atuando na área de Educação Física. Temas de pesquisa: educação física escolar, dança e educação física, currículo, prática pedagógica e produção do conhecimento. Coordenadora do Grupo de Estudos Etnográficos em Educação Física e Esporte - ETHNÓS. Professora do Programa Associado de Pós-Graduação em Educação Física UPE/UFPB na linha Prática Pedagógica e Formação Profissional em Educação Física.

Marcelo Soares Tavares de Melo, Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco

Doutor e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Especialista em Educação Física Escolar (UGF); Especialista em Ciência e Técnica da Natação (UFG); Especialista em Educação Física Não Formal (UFPE) e Especialista em Administração Escolar (UPE). Atualmente é professor adjunto da Universidade de Pernambuco (UPE) e professor/pesquisador do programa Associado de Pós-graduação (Mestrado/Doutorado) em Educação Física UPE/UFPB. Coordenador do Curso de especialização em Educação Física Escolar da ESEF-UPE. Membro pesquisador do grupo de pesquisa - ETHNÓS da ESEF-UPE e membro pesquisador do grupo de pesquisa Formação de Professores e Profissionalização Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPE. Tem experiência na área de Educação e de Educação Física, com ênfase em Educação Física Escolar, Prática Pedagógica e Formação de Professores. Atuando principalmente nos seguintes temas: jogo, pesquisa escolar, avaliação interativa, inovações pedagógicas, currículo, prática curricular. 

Ana Rita Lorenzini, Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco

Possui graduação em Licenciatura Plena Em Educação Física e Técnico Em pela Universidade de Caxias do Sul (1983) e doutorado em Educação pela Universidade Federal da Bahia (2013). Atualmente é professor doutor da Universidade de Pernambuco. Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: educação física, educação física escolar, formação de professores, ginástica, cultura corporal e prática pedagógica.

Andrea Carla de Paiva, Universidade Federal Rural de Pernambuco

Possui graduação em Licenciatura em Educação Física pela Universidade de Pernambuco/UPE, especialista em Educação Física Escolar também pela UPE, e Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco-UFRPE, doutoranda pelo Programa Associado de Pós-Graduação em Educação Física UPE/UFPE, na área de estudos "Cultura, Educação e Movimento Humano, e na Linha de Estudos em Formação Profissional e Prática Pedagógica. Tem experiência na área de Educação Física Escolar, em funções técnico-pedagógicas, atuando pesquisando sobre formação de professores e prática pedagógica.Membro pesquisadora do Grupo de Estudos Etnográficos em Educação Física Escolar/ETHNÓS/UPE.(cadastrado pelo CNPq) 

Marcílio Barbosa Souza Junior, Escola Superior de Educação Física / Universidade de Pernambuco

Marcílio Souza Júnior é Pós-Doutor pela FEUSP, é Livre-Docente pela UPE, Doutor e Mestre em Educação pela UFPE, Especialista em Pedagogia do Esporte pela UFPE e Licenciado em Educação Física pela UPE. É Professor Associado IIG. da ESEF-UPE, atuando na graduação, na especialização, no Mestrado e Doutorado em Educação Física. Atua na área de Educação, com ênfase em Currículo e Formação de Professores e na Educação Física com ênfase nas questões pedagógicas, particularmente as escolares. É membro do Grupo de Pesquisa ETHNÓS da ESEF-UPE e faz parte do Grupo de Pesquisa Formação de Professores e Profissionalização Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPE.

Downloads

Publicado

2016-12-28

Como Citar

BRASILEIRO, L. T.; AYOUB, E.; TAVARES DE MELO, M. S.; LORENZINI, A. R.; DE PAIVA, A. C.; SOUZA JUNIOR, M. B. A CULTURA CORPORAL COMO ÁREA DE CONHECIMENTO DA EDUCAÇÃO FÍSICA. Pensar a Prática, Goiânia, v. 19, n. 4, 2016. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/41015. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Ensaios