RELAÇÃO ENTRE O PERFIL DE LIDERANÇA DO TREINADOR E A MOTIVAÇÃO EM JOVENS JOGADORES DE FUTEBOL

Autores

  • Guilherme Britto Schnaider Universidade Estadual de Maringá
  • Paulo Henrique Borges Universidade Estadual de Maringá
  • Guilherme Alexandre Borean Borghi Universidade Estadual de Maringá
  • Marcos Aurélio de Oliveira Magossi Universidade Estadual de Maringá
  • José Ricardo Oliveira Universidade Estadual de Maringá
  • Wilson Rinaldi Universidade Estadual de Maringá

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v19i4.40358

Palavras-chave:

Liderança, Motivação, Futebol.

Resumo

Resumo: O objetivo do estudo foi analisar a relação entre o estilo de liderança do treinador e a motivação de jovens futebolistas. A amostra foi composta por 99 futebolistas da cidade de Maringá-PR. Foi aplicada a Escala de Motivação para o Esporte (SMS) e a Escala de Liderança no Desporto (ELD). Para análise dos dados foi empregado o teste U-Mann Whitney e o Teste Correlação de Spearman (p<0,05). Os resultados indicaram que os atletas de ambas categorias estudadas são motivados intrinsecamente (Md= 5,75), percebem o treinador classificado na categoria reforço (Md= 4,20) e o suporte-social correlacionou-se com a motivação intrínseca (r=0,25). Conclui-se que os atletas analisados possuem motivação própria para praticar esportiva e que o treinador reforça positivamente o atleta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Guilherme Britto Schnaider, Universidade Estadual de Maringá

Bacharel em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá.Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Avançadas em Futebol.

Paulo Henrique Borges, Universidade Estadual de Maringá

Mestre. Programa de Pós Graduação Associado em Educação Física UEM-UEL.Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Avançadas em Futebol.

Guilherme Alexandre Borean Borghi, Universidade Estadual de Maringá

Bacharel e Licenciado em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Avançadas em Futebol.

Marcos Aurélio de Oliveira Magossi, Universidade Estadual de Maringá

Acadêmico de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Avançadas em Futebol.

José Ricardo Oliveira, Universidade Estadual de Maringá

Licenciado pleno em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá.Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Avançadas em Futebol.

Wilson Rinaldi, Universidade Estadual de Maringá

Doutor. Professor Adjunto-tide B e chefe do Departamento de Educação Física da Universidade Estadual de Maringá.Coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisas Avançadas em Futebol.

Downloads

Publicado

2016-12-28

Como Citar

SCHNAIDER, G. B.; BORGES, P. H.; BOREAN BORGHI, G. A.; DE OLIVEIRA MAGOSSI, M. A.; OLIVEIRA, J. R.; RINALDI, W. RELAÇÃO ENTRE O PERFIL DE LIDERANÇA DO TREINADOR E A MOTIVAÇÃO EM JOVENS JOGADORES DE FUTEBOL. Pensar a Prática, Goiânia, v. 19, n. 4, 2016. DOI: 10.5216/rpp.v19i4.40358. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/40358. Acesso em: 23 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais