MEGAEVENTOS ESPORTIVOS: O DESENVOLVIMENTO DO LEGADO ESPORTIVO EDUCACIONAL

  • Andressa Peloi Bernabé Universidade Estadual de Maringá
  • Fernando Augusto Starepravo Universidade Estadual de Maringá
Palavras-chave: Megaeventos, Legados, Esporte, Educação Física

Resumo

O presente estudo buscou explorar expectativas em relação aos legados esportivos educacionais dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, e possíveis estratégias da Educação Física para garantir tais legados de forma positiva à população, especialmente crianças e jovens que frequentam o ambiente escolar. Para atingir tal finalidade, uma intervenção de caráter experimental foi realizada com alunos do Programa ProJovem. Ao analisar a intervenção, concluímos que o desenvolvimento desse legado possui relevância, por não ter abrangência e não ser do conhecimento dos alunos, na medida em que busca desenvolver uma cultura esportiva, baseada na educação e nos valores olímpicos pelo viés da educação física escolar, que não se centra apenas na formação voltada ao alto rendimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andressa Peloi Bernabé, Universidade Estadual de Maringá

Licenciada em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá; integrante do Grupo de Pesquisa Corpo, Cultura e Ludicidade (GPCCL), e ao grupo a ele vinculado, Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas de Esporte e Lazer (GEPPOL) do DEF/UEM

http://lattes.cnpq.br/7444169276810788

Fernando Augusto Starepravo, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Educação Física pela Universidade Federal do Paraná, professor da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e do Programa de Pós-graduação Associado em Educação Física UEM-UEL, coordenador do GTT de Políticas Públicas do CBCE, coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Públicas de Esporte e Lazer (GEPPOL) do DEF/UEM

http://lattes.cnpq.br/5763073227935698
Publicado
30-06-2014
Como Citar
Bernabé, A., & Starepravo, F. (2014). MEGAEVENTOS ESPORTIVOS: O DESENVOLVIMENTO DO LEGADO ESPORTIVO EDUCACIONAL. Pensar a Prática, 17(2). https://doi.org/10.5216/rpp.v17i2.25297
Seção
Artigos Originais