EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A TÉCNICA DE ORIGAMI NA EDUCAÇÃO INFANTIL

Autores

  • Simone Thiemi Kishimoto Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp
  • Ademir de Marco Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp
  • Daniela Bento Soares Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp
  • Ana Lídia Pontin Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp

DOI:

https://doi.org/10.5216/rpp.v17i2.23868

Palavras-chave:

Aprendizagem. Criança. Educação Física. Educação Infantil.

Resumo

Este estudo avaliou 40 crianças, na faixa etária de 5/6 anos; sendo 20 delas submetidas ao ensino de técnicas de origami e as outras 20 compuseram o grupo controle, com o objetivo de comparação e análise da influência do ensino da técnica de origami no desenvolvimento da coordenação motora fina. A avaliação da coordenação motora  foi realizada segundo os testes do Manual de Desenvolvimento Motor, Rosa Neto (2002) na forma de pré e de pós-teste. A partir deste estudo é possível observar que o origami, pode influenciar de forma significativamente positiva no desenvolvimento da coordenação motora fina.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone Thiemi Kishimoto, Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp

Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (modalidade licenciatura). Bolsita de Iniciação Cientifica CNPQ/MEC  2011-2012. Atualmente aluna de Mestrado na área de Educação Física Adaptada. Membro do Grupo de Estudos em Educação Física no Desenvolvimento Infantil (GEEFIDI).

Link para Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5766499653809001

 

 

 

Ademir de Marco, Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp

Professor da Faculdade de Educação Física da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Integrante do Departamento de Educação Física e Humanidades. Coordenador do Grupo de Estudos em Educação Física no Desenvolvimento Infantil (GEEFIDI). Link para Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/7189706800797724

Daniela Bento Soares, Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp

Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (modalidade bacharelado). Especialista em Reabilitação Aplicada à Neurologia Infantil. Atualmente aluna de Mestrado na área de Educação Física e Sociedade. Membro do Grupo de Estudos em Educação Física no Desenvolvimento Infantil (GEEFIDI).

Ana Lídia Pontin, Universidade Estadual de Campinas/ Unicamp

Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (modalidade licenciatura/bacharelado). Membro do Grupo de Estudos em Educação Física no Desenvolvimento Infantil (GEEFIDI).

Downloads

Publicado

2014-06-30

Como Citar

KISHIMOTO, S. T.; MARCO, A. de; SOARES, D. B.; PONTIN, A. L. EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR E A TÉCNICA DE ORIGAMI NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Pensar a Prática, Goiânia, v. 17, n. 2, 2014. DOI: 10.5216/rpp.v17i2.23868. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fef/article/view/23868. Acesso em: 24 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Originais