Reflexões sobre as relações entre mídia noticiosa e conflito permanente entre palestinos e israelenses

Autores

  • Vitória Paschoal Baldin Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil, vitoria.pbaldin@gmail.com
  • Daniela Osvald Ramos Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil, dosvald@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/ci.v26.76297

Palavras-chave:

Jornalismo, Plataformas Digitais., Conflito Permanente, Israel, Palestina

Resumo

A partir da noção de conflito permanente, e refletindo também sobre a importância da mídia noticiosa para os atores atravessados pela contínua violência entre Palestina e Israel, desenvolvemos nossa pesquisa através da revisão bibliográfica relevante para investigar o papel do jornalismo no conflito palestino-israelense. O objetivo é observar o papel co-constitutivo entre mídia e conflito, verificando as alterações dessas relações frente aos desenvolvimentos das novas tecnologias de comunicação. Nos debruçamos sobre as Intifadas palestinas, argumentando sobre a centralidade da mídia internacional para o sucesso desses movimentos. Concluímos que o panorama do conflito palestino-israelense está intimamente articulado às necessidades desses atores em mobilizar a opinião pública a seu favor, implicando em uma profunda dependência da cobertura noticiosa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vitória Paschoal Baldin, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil, vitoria.pbaldin@gmail.com

Mestranda em Ciências da Comunicação (ECA-USP) e Bacharel em História da Arte (UNIFESP). Integrante do Grupo de Pesquisa COM+ e do Núcleo de Apoio a Pesquisa OBCOM, ambos associados a Universidade de São Paulo.  Pesquisadora de arte, cultura visual e ativismo no Oriente Médio. 

Daniela Osvald Ramos, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo, Brasil, dosvald@gmail.com

Doutora e mestre Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (ECA/USP), graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora de Novas Tecnologias da Comunicação na Sociedade Contemporânea e Teorias da Comunicação no curso de Educomunicação no Departamento de Comunicações e Artes da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo, em Regime de Dedicação Integral à Docência e Pesquisa (RDIDP). Coordenadora do grupo de pesquisa OBCOM - Observatório de Comunicação, Liberdade de Expressão e Censura. Membro do projeto internacional "Safety Matters: Research and education on the Safety of Journalists in cooperation between Norway?Brazil?South Africa and USA" , liderado pela Oslo Metropolitan University (OsloMet), financiado pelo Research Council of Norway. Integrante do grupo de pesquisa COM+ (ECA-USP). 

Referências

ACKERMAN, Seth. Al-Aqsa intifada and the US media. Journal of Palestine Studies, v. 30, n. 2, p. 61-74, 2001.

BAR-ON, Mordechai. Israeli Reactions to the Palestinian Uprising. Journal of Palestine Studies, v. 17, n. 4, p. 46-65, 1988.

BORGES, Patrícia Da Veiga. Campesinato e agricultura familiar em duas imagens: o sem-terra raivoso e a família feliz. Comunicação & Informação, v. 18, n. 1, p. 157-173, 2015.

BYMAN, Daniel. Spreading Hate. The global rise of white supremacist terrorism. Oxford University Press, New York, 2022.

BUDKA, Philipp; BRÄUCHLER, Birgit. Introduction: Anthropological perspectives on theorizing media and conflict. In: BUDKA, Philipp; BRÄUCHLER, Birgit (Ed.). Theorising Media and Conflict. Nova York: Berghahn Books, 2020, p. 4-32.

CHABAN, Natalia et al. Narrators’ perspectives: communicating the EU in Ukraine, Israel and Palestine in times of conflict. European Security, v. 28, n. 3, p. 304-322, 2019.

DE RUAN, Janaina Araújo; SATUR, Roberto Vilmar. CONFLITO ISRAEL-PALESTINA: As negociações em prol da paz. In: Uma Década De Lea-Ni No Ponto Extremo Das Américas: Negociações internacionais. João Pessoa: Editora do CCTA, 2020.

FINKELSTEIN, Norman G. Imagem e realidade no conflito Israel-Palestina. Rio de Janeiro: Editora Record, 2005.

GALTUNG, Johan. Violence, peace and peace research. Journal of Peace Research, v. 6, n. 3, p. 167-191, 1969.

HOURANI, Albert. Uma história dos povos árabes. São Paulo: Editora Companhia das Letras, 2006.

IAZZOLINO, Gianluca. Digital Shahid – Palestinians Covering Occupied Palestine: From Broadcast Media to Citizen Journalism. Arab Media Society, n. 12, p. 1-14, 2010.

JAMAL, Amal. Media culture as counter-hegemonic strategy: The communicative action of the Arab minority in Israel. Media, culture & society, v. 31, n. 4, p. 559-577, 2009.

KIMMERLING, Baruch. O fim da hegemonia Ashkenazita. Tradução de Gabriel Mordoch. São Paulo: s/ed., 2001, p. 10.77

LAVI, Iris et al. Protected by ethos in a protracted conflict? A comparative study among Israelis and Palestinians in the West Bank, Gaza, and East Jerusalem. Journal of Conflict Resolution, v. 58, n. 1, p. 68-92, 2014.

MCGREGOR-WOOD, Sarah; SCHENKER, Hillel. Intifada Live: Arab Satellite TV Coverage of the Al-Aqsa Intifada. Palestine-Israel Journal of Politics, Economics, and Culture, v. 10, n. 2, p. 64, 2003.

PALESTINE CENTER FOR DEVELOPMENT AND MEDIA FREEDOMS (MADA). Media freedoms violations in Palestine: semi-annual report of 2022. Report, 2022. Disponível em: <https://www.madacenter.org/en/article/1393/>. Acesso em 21 de out. de 2022.

PALESTINIAN authorities must investigate torture allegations of hunger-striking prisoners and ensure their fair trial, Amnesty International, 2 de nov. de 2022. Disponível em: <https://www.amnesty.org/en/latest/news/2022/11/palestinian-authorities-must-investigate-torture-allegations-of-hunger-striking-prisoners-and-ensure-their-fair-trial/>. Acesso em 9 de nov. de 2022.

PAPPÉ, Ilan. A limpeza étnica da Palestina. São Paulo: Editora Sundermann, 2016.

PAPPÉ, Ilan. Historia de la Palestina moderna: un territorio, dos pueblos. Madri: AKAL, 2007.

PERI, Yoram. Intractable conflict and the media. In: SHEFFER, Gabriel; BARAK, Oren (Ed.). Militarism and Israeli society. Indiana University Press, 2010, p. 95-119.

PHILO, Greg; BERRY, Mike. Bad news from Israel. Londres: Pluto Press, 2004.

RICHARDS, Anthony. Defining terrorism. In: SILKE, Andrew (Ed.). Routledge handbook of terrorism and counterterrorism. London and New York: Routledge, 2019, p. 11-20

SAAD, Elizabeth; RAMOS, Daniela O. Silvio Waisbord: Diversidade e fragmentação –O campo da comunicação como uma pós-disciplina e seus desdobramentos na contemporaneidade. Matrizes, v. 15, n. 1, p. 125-143, 2021.

SABIDO, Ruth Sanz. The Israeli-Palestinian Conflict in the British Press. Canterbury: Palgrave Macmillan, 2019.

SEGEV, Elad; BLONDHEIM, Menahem. Online news about Israel and Palestine: A cross-national comparison of prominence and trends. Digital journalism, v. 1, n. 3, p. 386-398, 2013.

TIRIPELLI, Giuliana. Media and peace in the Middle East: The role of journalism in Israel-Palestine. Basingstoke: Palgrave Macmillan, 2016.

WIEVIORKA, Michel. Violence: A new approach. Sage, 2009.

WOLFSFELD, Gadi; AVRAHAM, Eli; ABURAIYA, Issam. When prophecy always fails: Israeli press coverage of the Arab minority's Land Day protests. Political Communication, v. 17, n. 2, p. 115-131, 2000.

WOLFSFELD, Gadi. Media and political conflict: News from the Middle East. Cambridge: Cambridge University Press, 1997.

YARCHI, Moran; WOLFSFELD, Gadi; SHEAFER, Tamir; SHENHAV, Shaul R. Promoting stories about terrorism to the international news media: A study of public diplomacy. Media, war & conflict, v. 6, n. 3, p. 263-278, 2013.

Downloads

Publicado

2023-09-14

Como Citar

PASCHOAL BALDIN, V.; OSVALD RAMOS, D. Reflexões sobre as relações entre mídia noticiosa e conflito permanente entre palestinos e israelenses. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 26, p. 299–315, 2023. DOI: 10.5216/ci.v26.76297. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/76297. Acesso em: 2 mar. 2024.