De momentos e alegrorias políticas: a Babilônia de Griffith e a dos Taviani

Autores

  • Ismail Xavier Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v11i2.7484

Palavras-chave:

Cinema.Babilônia. alegorias.Griffith.Tavianis

Resumo

Este texto aborda a relação alegórica entre o cinema, aarquitetura, a religião, a art, a família, a Europa, os Estados Unidos, apartir dos filmes Bom Dia, Babilônia, dos irmãos Taviani e Intolerâcia,de Griffith. O confronto se dá, solene, alternando planos abertos que não nos diexam esquecer seu lugar - o cenário de Intolerância - e planos mais fechados que exainam as feições, imagens em que as duas figuras paternas confirmam sua história e o que delas podemos esperar.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-09-18

Como Citar

XAVIER, I. De momentos e alegrorias políticas: a Babilônia de Griffith e a dos Taviani. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 11, n. 2, p. 163–180, 2009. DOI: 10.5216/c&i.v11i2.7484. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/7484. Acesso em: 27 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos