Telejornalismo, acontecimento e identidade no Globo Repórter e no Repórter Especial

Autores

  • Denise Tavares Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v9i2.25252

Palavras-chave:

Jornalismo audiovisual. Jornalismo e Identidade. Jornalismo e História.

Resumo

Ao compartilhar um ritual de recomposição da identidade mediante o resgate de marcos históricos, os programas Repórter Especial, da TV Cultura, e Globo Repórter, da Rede Globo, têm apresentado, entre outras pautas, a compreensão do passado como estratégia para se localizar o presente. No entanto, se esse movimento tem permitido a valorização da memória e da história, por outro lado é necessário discutir como são trabalhadas essas abordagens nas produções jornalísticas da TV, que entrelaçam fundamentos do jornalismo, do cinema documentário e da história.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Tavares, Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas)

Diretora e professora da Faculdade de Jornalismo da Pontifícia Universidade Católica
de Campinas (PUC-Campinas) e Doutoranda pelo PROLAM/USP (Programa de
Integração Latino-Americana).

Downloads

Publicado

2013-07-02

Como Citar

TAVARES, D. Telejornalismo, acontecimento e identidade no Globo Repórter e no Repórter Especial. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 9, n. 2, p. 226–237, 2013. DOI: 10.5216/c&i.v9i2.25252. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/25252. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos