Sr. K. no país jornalistas. A queda da justiça social na esfera pública

Autores

  • Jean Pichette Université du Québec à Montréal

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v8i2.25089

Palavras-chave:

Jornalismo. Linguagem. Distanciamento. Justiça social.

Resumo

O autor apresenta o trabalho do jornalista em sua relação com a linguagem e com a possibilidade de justiça social. Sua concepção de justiça implica um ideal que transcende a realidade, e esta como uma construção histórica que pode ser transfromada. Para que esses processos possam acontecer é necessário um distanciamento do vivido de forma a permitir o exercício da capacidade de julgar, de critica e, portanto de modificar o mundo. Com a língua acontece o mesmo : sem o devido distanciamento impera um mutismo que impede toda comunicação e condena o mundo a ser eternamente o mesmo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Pichette, Université du Québec à Montréal

Professeur, Directeur du baccalauréat en journalisme de l'École des médias.

Downloads

Publicado

2013-06-26

Como Citar

PICHETTE, J. Sr. K. no país jornalistas. A queda da justiça social na esfera pública. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 8, n. 2, p. 195–202, 2013. DOI: 10.5216/c&i.v8i2.25089. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/25089. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos