Comunicação, Resistência e Cidadania: as Festas Populares

Autores

  • Maria Nazareth Ferreira Universidade de São Paulo (USP).

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v9i1.22807

Palavras-chave:

Festas populares como objeto de estudo. Cidadania e participação. Identidade cultural e resistência. Turismo cultural. Comunicação e culturas subalternas.

Resumo

Estudo das festas populares, como objeto de conhecimento científico: como sistema de comunicação das classes subalternas, como produção cultural privilegiada, para o estudo da identidade cultural, da construção da cidadania e do turismo cultural. Tanto pela relevância dos atos sociais que se desenrolam no âmbito das festas, como pelo significado social que as mesmas podem aportar para o fortalecimento da memória histórica e da resistência cultural das classes subalternas. Proposição metodológica para uma possível teoria das festas populares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Nazareth Ferreira, Universidade de São Paulo (USP).

Profa. de Comunicação da ECA/USP, pesquisadora do CNPQ.

Downloads

Publicado

2013-02-27

Como Citar

FERREIRA, M. N. Comunicação, Resistência e Cidadania: as Festas Populares. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 9, n. 1, p. 111–117, 2013. DOI: 10.5216/c&i.v9i1.22807. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/22807. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos