Âncora na TV: informação, interpretação e opinião. A discursividade em níveis verbal e não-verbal

Autores

  • Roberto Ramos PUC RS/RS
  • Flávio Porcello UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v9i1.22801

Palavras-chave:

Âncora. Televisão. Semiologia.

Resumo

Este artigo estudará os elementos semiológicos que estão presentes no discurso da Mídia. As questõesde pesquisa serão: como a Mídia, especialmente a Televisão, utiliza a divulgação de categorias como forma de atrair a atenção do público para questões de menor importância, enquanto se omite de informar os assuntos que são verdadeiramente relevantes? Por que a Cultura, em uma de suas subcategorias, a Cor, é peça fundamental no componente visual das transmissões televisivas, servindo como elemento vital para a composição de cenas, imagens e sentidos? Âncora, Mídia, Discurso e Poder na TV também serão analisados no presente artigo, que tem em Barthes sua fundamentação teórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Ramos, PUC RS/RS

Professor em Educação da PUCRS/RS - Graduação e Pós-Graduação da Famecos (PUCRS). Obras publicadas: Futebol: Ideologia do Poder; Grã-finos na Globo, Manipulação e Controle da OpiniãoPública; A Máquina Capitalista, Mídia, Textos e Contextos (org.) e A Ideologia da Escolinha do Professor Raimundo.

Flávio Porcello, UFRGS

Professor em Comunicação Social da UFRGS - Graduação em Jornalismo e Direito (UFRGS) -Mestrado e Doutorado (PUCRS).

Downloads

Publicado

2013-02-27

Como Citar

RAMOS, R.; PORCELLO, F. Âncora na TV: informação, interpretação e opinião. A discursividade em níveis verbal e não-verbal. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 9, n. 1, p. 62–69, 2013. DOI: 10.5216/c&i.v9i1.22801. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/22801. Acesso em: 24 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos