A função sinestésica do jingle político

Autores

  • Silvia Thais de Poli Universidade Federal do Paraná

DOI:

https://doi.org/10.5216/c&i.v10i2.10796

Palavras-chave:

Jingle político, Comunicação política, Sinestesia

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar um relato de pesquisa em desenvolvimento, referente à característica sinestésica do jingle político de candidatos à presidência do país em períodos relevantes da história política brasileira. Para tanto, será analisada a sinestesia encontrada na melodia do jingle e com isso, busca-se encontrar ‘sentimentos’ que correspondam às esperanças e aos desejos políticos da população de cada época determinada. Justifica-se essa pesquisa através da idéia de que os jingles políticos trazem ‘sentimentos’ em sua formação e que inseridos na melodia atuam de forma sinestésica, conquistando os ouvintes com a ilusão de que o candidato corresponderia aos anseios da população às necessidades sociais e emocionais de cada época histórica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-08-11

Como Citar

DE POLI, S. T. A função sinestésica do jingle político. Comunicação & Informação, Goiânia, Goiás, v. 10, n. 2, p. 100–106, 2010. DOI: 10.5216/c&i.v10i2.10796. Disponível em: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/10796. Acesso em: 29 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos