ANÁLISE DOS ASPECTOS ECONÔMICOS E AMBIENTAIS DA CADEIA AGROINDUSTRIAL DO TOMATE NO ESTADO DE GOIÁS - DOI 10.5216/bgg.v29i1.7304

Autores

  • Claudia Regina Rosal carvalho Universidade Federal de Goiás
  • Flávia Rezende Campos Escola Superior de Negócios\FGV

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v29i1.7304

Resumo

O presente artigo analisa a conjuntura do setor agroindustrial produtor de tomate para processamento através da verificação dos recentes movimentos estratégicos das empresas, assim como do restante da cadeia produtiva, para que se possam comprovar os impactos da relação existente entre o setor produtor de matéria-prima e a indústria processadora. Com isso, é possível identificar os novos campos organizacionais a partir dos interesses dessa relação. O dinamismo da produção que leva em consideração o aprofundamento da especialização e a diversificação produtiva, além de outras estratégias, visa um aumento da produtividade e a busca por maior lucratividade. Como conseqüência, o resultado desse processo foi um novo dinamismo para o setor e mudanças de localização, projetando também problemas como a concentração da oferta de produtos, a aceleração da mudança tecnológica, os desequilíbrios regionais e impactos ambientais derivados desse novo modelo organizacional baseado nos contratos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-09-10

Como Citar

CARVALHO, C. R. R.; CAMPOS, F. R. ANÁLISE DOS ASPECTOS ECONÔMICOS E AMBIENTAIS DA CADEIA AGROINDUSTRIAL DO TOMATE NO ESTADO DE GOIÁS - DOI 10.5216/bgg.v29i1.7304. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 29, n. 1, p. 163–178, 2009. DOI: 10.5216/bgg.v29i1.7304. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/7304. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos