TERRITORIALIDADES DO ESPORTE: O VÔLEI EM COPACABANA

TERRITORIALITIES OF THE SPORT: THE VOLLEYBALL IN COPACABANA

Autores

  • Marcelo Ribeiro Tavares Universidade Federal do Rio de Janeiro/Doutorando
  • Lilian Fessler Vaz Universidade Federal do Rio de Janeiro/ Prof. Dra.
  • Madalena Cunha Matos Universidade de Lisboa/ Professora Dra. https://orcid.org/

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v40.62664

Resumo

A cidade como lugar privilegiado de práticas sociais tem no esporte um uso importante na vinculação de sentidos para a paisagem. Através de revisão de literatura se repassam conceitos sobre a territorialidade do esporte e se discute a formação de territorialidades específicas pelo vôlei na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. A conjunção de fatores históricos na introdução desse esporte no Brasil e os usos cotidianos que persistem para a prática amadora e profissional do vôlei em Copacabana revelam diversificadas apropriações do espaço público na contemporaneidade urbana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Ribeiro Tavares, Universidade Federal do Rio de Janeiro/Doutorando

Doutorando em Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (PROURB/UFRJ, desde 2017), com intercâmbio na Universidade de Lisboa (CIAUD/UL, 2019-2020), mestre em Educação Física pela Universidade Federal de Viçosa e Universidade Federal de Juiz de Fora (UFV/UFJF, 2015), MBA em Marketing Esportivo (UNYLEYA, 2018), especializações em Organização e Administração da Recreação e do Lazer (UFJF, 2009) e em Assessoria de Comunicação (UNESA, 2003). Graduado em Comunicação Social (UGF, 1987) e Educação Física (FMG, 2009). Atualmente é professor convidado do curso de especialização em Desportos de Campo e de Quadra na Escola de Educação Física e Desportos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (EEFD/UFRJ, desde 2019).

Lilian Fessler Vaz, Universidade Federal do Rio de Janeiro/ Prof. Dra.

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo (UFRJ, 1967), mestrado em Planejamento Urbano e Regional (UFRJ, 1985), doutorado em Arquitetura e Urbanismo (USP, 1994) e pós-doutorado (MSH, Paris 2003). Pesquisadora CNPq 1B, professora colaboradora voluntária, aposentada, nível Associado II, do PPG em Urbanismo PROURB/FAU/UFRJ, onde atua em ensino, pesquisa e orientação de bolsistas IC e AT, alunos de Mestrado e Doutorado e bolsistas de pós-doutorado.

Madalena Cunha Matos, Universidade de Lisboa/ Professora Dra.

Professora Associada da FA-UL, onde organizou e coordenou o Mestrado em Arquitetura. Leciona Projeto e Teoria da Arquitetura na graduação. No programa de doutorado, lecionou  ‘Arquitetura e História da Construção’, ‘Culturas Urbanas e Arquitetura’ e ‘Seminário III’. Trabalhou como projetista em edifícios de diversas tipologias, em especial nos de ensino superior e em campus universitários, em planejamento urbano e em reabilitação de edifícios históricos e áreas urbanas. Defendeu em 2000 a tese de doutorado ‘As cidades e os campi: contributo para o estudo dos territórios universitários em Portugal’. Seus interesses atuais são as Redes de Arquitetura e Urbanismo Colonial, os Trânsitos Luso-brasileiros, as Permeabilidades Urbanas, a História Construtiva e o Envelhecimento.

Publicado

31-12-2020

Como Citar

Tavares, M. R., Vaz, L. F., & Matos, M. C. (2020). TERRITORIALIDADES DO ESPORTE: O VÔLEI EM COPACABANA: TERRITORIALITIES OF THE SPORT: THE VOLLEYBALL IN COPACABANA. Boletim Goiano De Geografia, 40(01), 1–20. https://doi.org/10.5216/bgg.v40.62664