O USO DO TERRITÓRIO E AS REDES NA MICRORREGIÃO CERES (GO): CASO DAS AGROINDÚSTRIAS SUCROALCOOLEIRAS - DOI 10.5216/bgg.V30i2.13281

Autores

  • Lara Cristine Gomes Ferreira
  • João Batista de Deus

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v30i2.13795

Resumo

A microrregião Ceres (GO) destaca-se na produção canavieira e na quantidade de empreendimentos sucroalcooleiros, onde existem atualmente seis usinas em funcionamento e cinco em processo de cadastro/implantação. Os empreendimentos contribuem para o uso do território e para a dinâmica socioespacial da região, sendo que algumas características estratégicas, como a localização e a infraestrutura viária, contribuíram para o processo de expansão da cultura da cana. Estas características são fundamentais para a circulação da produção e conseqüente desenvolvimento de relações em rede. O objetivo deste trabalho é apresentar a expansão, em número de usinas, bem como a evolução em área e a produtividade dessa cultura, buscando relações com a infraestrutura viária disponível e os fluxos firmados através da comercialização dos produtos com os mercados consumidores (nas escalas estadual, nacional e internacional).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-04-05

Como Citar

CRISTINE GOMES FERREIRA, L.; BATISTA DE DEUS, J. O USO DO TERRITÓRIO E AS REDES NA MICRORREGIÃO CERES (GO): CASO DAS AGROINDÚSTRIAS SUCROALCOOLEIRAS - DOI 10.5216/bgg.V30i2.13281. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 30, n. 2, p. 67–80, 2011. DOI: 10.5216/bgg.v30i2.13795. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/13795. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos