Verticalidades e horizontalidades na constituição dos lugares: proposta metodológica para estudo de empresas de food delivery a partir dos dois circuitos da economia urbana

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v17i2.78106

Resumo

Propomos uma metodologia para estudo de empresas de food delivery a partir dos dois circuitos da economia urbana. Tal metodologia reconhece a necessidade de compreensão do chamado capitalismo de plataforma e seu corolário – a uberização do setor de serviços – como uma das manifestações da modernização tecnológica e de seus rebatimentos na economia política da cidade. Nesse sentido, fundamentamos a metodologia a partir das noções de verticalidade, horizontalidade, tecnoesfera, psicoesfera e na proposição teórica dos dois circuitos da economia urbana. Destacamos que essa metodologia foi desenvolvida e aplicada em pesquisa que teve como objetivo compreender a ação das empresas de food delivery na cidade de São Luís, MA, no ano de 2020, e cujos resultados são discutidos, principalmente, em Aguiar (2021) e Nobre et al. (2023).

Palavras-chave: Método Geográfico. Circuitos da Economia Urbana. Capitalismo de Plataforma. Food Delivery.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-08-20

Como Citar

NOBRE, C. E. Verticalidades e horizontalidades na constituição dos lugares: proposta metodológica para estudo de empresas de food delivery a partir dos dois circuitos da economia urbana . Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 17, n. 2, p. 287 –, 2023. DOI: 10.5216/ag.v17i2.78106. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/78106. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - Digitalização do território, plataformas digitais e hegemonia financeira