Digitalização e mobilidade urbana em uma cidade não metropolitana: a uberização em Campos dos Goytacazes/RJ

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v17i2.76652

Resumo

O processo de digitalização do espaço geográfico, a agudização do meio técnico-científico-informacional, revela-se pela radicalização da transformação das atividades cotidianas por meio da mediação das técnicas da era digital, como o uso de aplicativos para serviços de transporte. No entanto, essa camada digital integra-se a processos sócio-históricos materializados no espaço geográfico, como analisamos em Campos dos Goytacazes. A entrada da Uber na cidade com ofertas de serviços de transporte mediadas por aplicativos agravou a situação já precária da mobilidade urbana, integrando um espaço urbano com profunda desigualdades, marcado pela segregação residencial e pela periferização da população de baixa renda. Esse novo serviço implicou nos problemas urbanos já existentes, reproduzindo desigualdades socioespaciais e contribuindo, ao mesmo tempo, para a precarização do trabalho.

Palavras-chave: Mobilidade urbana; precarização do trabalho; uberização; Campos dos Goytacazes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Nathan Magalhães Dória, Universidade Federal Fluminense, Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Brasil. magalhaes_doria@id.uff.br

Geography from the Fluminense Federal University - Campos dos Goytacazes (2020); studied a degree in Geography at the same university, concluding in 2022. Master's student at the Graduate Program in Geography - Fluminense Federal University. With lines of research focused on the study of the Territory, with an emphasis on uberization; work precariousness; urban mobility; psychosphere and technosphere and neoliberalism.

Downloads

Publicado

2023-08-20

Como Citar

DÓRIA, N. M.; DA SILVA, S. C. Digitalização e mobilidade urbana em uma cidade não metropolitana: a uberização em Campos dos Goytacazes/RJ. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 17, n. 2, p. 246 –, 2023. DOI: 10.5216/ag.v17i2.76652. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/76652. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Dossiê - Digitalização do território, plataformas digitais e hegemonia financeira